Torcida Vermelha
Portal de Noticias do Sport Club Internacional

Suárez quebra o silêncio e fala sobre o Internacional

Na noite desta quarta-feira (4), o Grêmio apresentou o seu principal reforço para a temporada de 2023, o centroavante Luisito Suárez, que fechou com o rival do Colorado por duas temporadas e mandou recado sobre o clássico contra o Inter.

Em entrevista coletiva de apresentação, o novo camisa 9 do Tricolor foi questionado sobre o enfrentamento contra o Inter. O uruguaio afirmou que conhece o clássico Gre-Nal e que tem vontade de atuar neste tipo de jogo.

“Eu gosto disso, de pressão, de colocarem pressão para eu jogar. Todo o mundo conhece o clássico do Inter contra o Grêmio, tenho ansiedade para jogar este tipo de partida, eu gosto. E deixo aqui uma mensagem, sem violência e com espetáculo dentro de campo para as pessoas que gostam de futebol”, disse o uruguaio.

Vale lembrar que o centroavante da Celeste na última Copa do Mundo, já enfrentou o Internacional. Em 2006, pelo Nacional-URU, nas Oitavas de Final da Libertadores. Naquela ocasião, Suárez saiu derrotado e mais pra frente, o Inter conquistou o tão sonhado título.

Com a volta do Grêmio para a primeira divisão, diferente de 2022, o clássico acontecerá mais vezes em neste ano. Pelo Campeonato Gaúcho e Brasileirão, além de existir possibilidade de confronto na Copa do Brasil.

O único torneio que o Inter não pode enfrentar o seu maior rival é na Copa Libertadores, visto que o time comandado por Renato Gaúcho estava na Série B no ano passado, portanto, não conseguiu a classificação para nenhuma competição continental.

Na teoria, este fato é excelente para o desejo de Suárez, já que no primeiro Gre-Nal na história da Libertadores, ocorreram oito expulsões no jogo, sendo quatro cartões vermelhos para cada lado e muita pancadaria. Vale lembrar que esse jogo foi recente, em março de 2020.

História do Gre-Nal

Na história do confronto, o Internacional leva boa vantagem em cima do Grêmio. Em 436 clássicos, o Colorado soma 159 vitórias, enquanto o Tricolor levou a melhor em 139 oportunidades. Houve ainda 138 empates.