Torcida Vermelha
Portal de Noticias do Sport Club Internacional

R$ 344 milhões e reforços na área: o assunto da semana no Internacional

Não é de hoje que o Internacional tem investido alto no mercado da bola, visando se reforçar cada vez mais para retomar protagonismo no cenário nacional. E é justamente isso o que mostra o relatório da consultoria Convocados, feito junto com a empresa de consultoria Galapagos e Outfield, em cima dos balanços apresentados pelas agremiações brasileiras.

De acordo com o levantamento, o Colorado desembolsou R$ 344 milhões em contratações nos últimos cinco anos. Desse total, R$ 78 milhões foram gastos nas duas janelas de transferências da temporada passada. Em 2023, a instituição contribuiu consideravelmente para os mais de R$ 1,6 bilhão gastos pelos ‘brazucas’.

São números relevantes e que demonstram bem a posição que o clube ocupa no mercado da bola nacional – claro, sem entrar no mérito da qualidade desses gastos. O Inter foi o nono time que mais investiu na jornada passada, assim como no recorte dos últimos cinco anos, ao qual se atenta a pesquisa.

Os líderes do ranking são Flamengo e Palmeiras, tanto no que diz respeito a 2023 quanto aos anos anteriores. As outras equipes figuram em um patamar abaixo da dupla, sendo o Atlético-MG quem mais se aproxima de ambos.

Internacional é o 9º clube que mais gastou em 2023 e nos últimos cinco anos; confira a lista:

  1. Flamengo – R$ 280 milhões (R$ 1,129 bilhão)
  2. Palmeiras – R$ 178 milhões. (R$ 828 milhões)
  3. Vasco – R$ 164 milhões (R$ 206 milhões)
  4. Bahia – R$ 160 milhões (R$ 225 milhões)
  5. Atlético-MG – R$ 119 milhões (R$ 719 milhões)
  6. RB Bragantino – R$ 113 milhões (R$ 620 milhões)
  7. Athletico-PR – R$ 102 milhões (R$ 275 milhões)
  8. Santos – R$ 101 milhões (R$ 294 milhões)
  9. Internacional – R$ 78 milhões (R$ 344 milhões)
  10. São Paulo – R$ 77 milhões (R$ 412 milhões)
  11. Cruzeiro – R$ 76 milhões (R$ 233 milhões)
  12. Fortaleza – R$ 73 milhões (R$ 150 milhões)
  13. Corinthians – R$ 49 milhões (R$ 393 milhões)
  14. Grêmio – R$ 25 milhões (R$ 275 milhões)
  15. Botafogo – R$ 31 milhões (R$ 275 milhões)
  16. Cuiabá – R$ 32 milhões (R$ 44 milhões)
  17. Coritiba – R$ 29 milhões (R$ 44 milhões)
  18. América-MG – R$ 8 milhões (R$ 27 milhões)
  19. Fluminense – R$ 6 milhões (R$ 69 milhões)
  20. Goiás – 0 (R$ 24 milhões)