Torcida Vermelha
Portal de Noticias do Sport Club Internacional

Paulo Paixão estava certo? Inter despacha todos citados no áudio vazado

Paulo Paixão teve um áudio vazado em novembro de 2021, época em que era coordenador da preparação física do Internacional. Na situação, o profissional criticou alguns jogadores do elenco e defendeu o técnico Diego Aguirre.

O áudio acabou gerando polêmica nos bastidores e Paulo Paixão foi demitido do Colorado após o vazamento. Quase um ano depois, todos os jogadores citados pelo preparador físico foram despachados do Internacional.

Gabriel Boschilia, que foi um dos mais criticados pelo profissional, sendo chamado de “enganador”, deixou o Internacional recentemente. O atleta não estava sendo utilizado pelo técnico Mano Menezes e será emprestado ao Coritiba até o final da temporada.

Víctor Cuesta já havia deixado o Colorado no início da temporada. O argentino foi emprestado ao Botafogo até dezembro de 2022 e a expectativa é de que ele tenha o vínculo renovado na equipe carioca e não volte a vestir a camisa do Internacional.

Rodrigo Dourado, por sua vez, estava fora dos planos do Inter desde o início da temporada. O atleta ainda foi utilizado por Mano Menezes, mas já estava decidido que ele não iria permanecer. O volante foi vendido em junho ao Atlético San Luis, do México.

Para encerrar a lista de jogadores citados por Paulo Paixão, Patrick deixou o Colorado no começo do ano. O meio-campista de 30 anos foi vendido ao São Paulo depois de jogar no Clube do Povo por quatro temporadas.

Paulo Paixão explicou áudio vazado

Paulo Paixão explicou o áudio vazado em entrevista ao comunicador Duda Garbi, concedida em fevereiro de 2022. O profissional disse que se tratava apenas de um desabafo sobre a percepção que ele tinha em alguns jogadores do elenco.

“Isso é passado. É uma coisa que eu não gostaria de comentar mais. Foi um comentário que eu fiz com um amigo, foi um desabafo e infelizmente… Era a minha percepção de vestiário e acabou”, afirmou o profissional.