Torcida Vermelha
Portal de Noticias do Sport Club Internacional

Mauro Galvão falou sobre jogar na Dupla GreNal

Mauro Galvão abriu o jogo recentemente e falou sobre a sua experiência no futebol, onde jogou pela dupla GreNal, defendendo os dois lados em momentos diferentes de sua carreira. O ex-zagueiro foi um dos poucos jogadores que conseguiu atuar no lado vermelho e azul de Porto Alegre e ainda se sair bem e conquistar títulos em ambos os times que detém uma das maiores rivalidades do mundo.

Com passagens pelas categorias de base do Grêmio e depois sendo revelado pelo Internacional, onde conquistou o Campeonato Brasileiro de 1979, de maneira invicta, com apenas 17 anos de idade. O jogador chegou a voltar para o Tricolor nos anos 90, onde também conseguiu ir bem, mas, claro, com um pé atrás de começo, sendo crucificando por torcedores dos dois lados do GreNal.

Recentemente, inclusive, Mauro Galvão acabou dando entrevista para o Futbolaço Podcast, onde falou sobre sua carreira e contou sobre as situações que viveu, tendo bastante enfoque no tempo em que esteve trocando entre os maiores times do Rio Grande do Sul. Como o próprio contou, foi uma situação difícil voltar para Porto Alegre e vestir a outra camisa.

“Gaúcho não é fácil, ele não esquece. O fato de eu ter jogado no Inter né, para o gremista isso é… Mas hoje não, tenho uma relação ótima com as duas torcidas quando vou até Porto Alegre. É um negócio até diferente, a gente sabe que a rivalidade do sul é uma das maiores do mundo, não só do Brasil. Ali o bicho pega. Se você for de vermelho no Grêmio vai ter problema e o mesmo no Inter, se for de azul”, conta.

Mauro Galvão desconversa sobre torcida

Mauro Galvão também acabou desconversando ao falar sobre seu time, falando que parte da torcida não entenderia e que ele tem apreço por ambos os lados. “Sempre me perguntam pra quem eu torço e é uma situação complicada. O torcedor por mais que seja consciente, tem aqueles que não vão entender e não vão gostar, porque na realidade é isso”, completou.