Torcida Vermelha
Portal de Noticias do Sport Club Internacional

Mauro Cézar segue tretando com gaúchos e usa tragédia da Chape para atacar ex-Inter

O jornalista Mauro Cézar Pereira, que viralizou nas redes sociais nos últimos dias por comentários polêmicos sobre os clubes gaúchos, que querem a paralisação do Brasileirão por três semanas, até que a situação no Rio Grande do Sul melhore das enchentes. Em publicação nas redes sociais, o comunicador usou exemplo antigo para alfinetar os Colorados.

“Parar o campeonato? Ok. Mas apresentem um plano, um reagendamento dos jogos. Façam isso quando quem tem partidas atrasadas puder disputá-las. Adiamento de jogos sempre geram queixas, como no dia seguinte à morte dos que estavam no voo da Chapecoense em 2016…”, disse Mauro Cézar, usando de exemplo caso de 2016, quando a direção do clube gaúcho foi contra paralisação do Brasileirão.

Na época do acidente aéreo da Chapecoense, o Internacional brigava contra o rebaixamento, que acabou se consumando na semana seguinte. Fernando Carvalho, que na época era vice-presidente do Inter, reclamou do adiamento da última rodada do Brasileirão, que ocorreu após um avião da Chapecoense cair e matar 71 pessoas na Colômbia.

“Além do sentimento, pois nossos jogadores a maioria se relacionava com os atletas, deu para ver hoje, na reunião para dispensar o treinamento, retomaremos amanhã, mas temos nossa tragédia particular aqui, que é fugir do rebaixamento. E esse adiamento de rodadas vai ser prejudicial. Como é momento de consternação geral, não é hora de reclamar, mas certamente, esse adiamento trará alguns embaraços que, lá adiante, vamos ter que comentar”, disse Carvalho em entrevista na época.