Torcida Vermelha
Portal de Noticias do Sport Club Internacional

Maior inimigo de Eduardo Coudet traz péssima notícia ao treinador

O maior inimigo de Eduardo Coudet acabou trazendo uma péssima notícia para o treinador argentino nas últimas horas. A Copa Libertadores da América teve as suas penúltimas partidas sendo disputadas durante essa semana, o que fez com que a grande decisão do torneio já tivesse seus participantes, algo que deixou um técnico duplamente triste com o desenrolar das partidas.

Para começar, Chacho acabou sofrendo, sob o comando do Internacional, um revés dolorido e foi eliminado da competição. Dentro do próprio Beira-Rio, a equipe vermelha acabou sendo derrubada na última quarta-feira, ao perder de 2 a 1, de virada, com grande show de Germán Cano, dando a classificação na final para o Fluminense depois de praticamente 15 anos.

No entanto, parece que a situação ainda poderia piorar um pouco para o treinador Eduardo Coudet no decorrer da Copa Libertadores, tendo em vista a disputa da outra semifinal. Isso porque o Boca Juniors, equipe do seu país, acabou se classificando fora de casa para disputar a grande final da maior competição de toda a América do Sul.

Coudet vê antigo maior inimigo se classificar

Depois de empatar em casa, o time argentino acabou saindo na frente dentro do Allianz Parque, contra o Palmeiras. No segundo tempo, inclusive, a equipe até mesmo tomou o empate, levando a decisão para os pênaltis. Mas, na marca da cal, quem se saiu melhor ainda foi a equipe de Buenos Aires, que conseguiu a classificação em cima do poderoso time de Abel Ferreira.

Para Coudet, no entanto, a situação pode ter piorado ainda mais essa última fase da competição para ele. Isso porque o treinador é identificado com o River Plate, maior rival e até inimigo do Boca Juniors. Enquanto era jogador, Chacho esteve com o elenco milionário no final dos anos 90 e começo dos 2000, tendo uma história de títulos por lá.