Torcida Vermelha
Portal de Noticias do Sport Club Internacional

Jornalista é pega no flagra após zombar o Grêmio

Uma jornalista acabou sendo pega no flagra recentemente depois de zombar do Grêmio e acabou gerando manifestações nas redes sociais. As torcidas não tem o costume de perdoar, principalmente quando se trata de quando figuras públicas acabam ferindo a honra de seus times e dos adeptos, o que acaba gerando muitas manifestações, o que aconteceu recentemente com tricolores.

Viralizou nas redes sociais prints em que a jornalista Michelle Silva, do Grupo Bandeirantes, usa ofensas homofóbicas para provocar o Grêmio. Essas declarações teriam partido da jornalista dez anos atrás, em 2013, no Twitter. “Do nada os gaymistas se multiplicaram na tl, torcida fiel é isso aí a gente só vê quando ganham título, no caso classificações huehue”, diz uma das publicações.

A agora jornalista fez algumas publicações com xingamentos e provocações, mas também usando algumas “análises” no meio. “Se o Grêmio não tivesse feito tantas faltas, o jogo ia ser muito bem jogado, fato, faltou futebol para as gazelas”, diz em outra publicação. O fato viralizou entre torcedores do Tricolor que ficaram bastante irritados com as imagens. A jornalista acabou apagando a conta.

Jornalista tinha reclamado do Grêmio ao vivo

Durante a participação em um programa da Rádio Bandeirantes, Michelle Silva já tinha reclamado que não consegue contato com o presidente do Grêmio. “Na última semana do ano a gente tem a tradição de ouvir os presidentes. O presidente do Inter falou conosco. E eu já tinha solicitado ao Guerra logo depois das eleições uma entrevista. Ficou aquela coisa de que não podia atender. Mas eu insisti”, disse.

“Aí liguei pra ele numa sexta. Ele perguntou quem era e eu disse que era a Michele, da Rádio Bandeirantes e tal. E ele perguntou: ‘Tu é masoquista?’. E eu: ‘Não’. Eu disse que era o meu trabalho e ele respondeu que só atendeu para dizer que não iria me atender”, relatou a jornalista.