Torcida Vermelha
Portal de Noticias do Sport Club Internacional

Gurias Coloradas ficaram sem taça, mas fizeram um grande 2022

Na última terça-feira (15), as Gurias Coloradas encerraram a temporada com a derrota para o Flamengo na decisão da Ladies Cup por 1 x 0. Apesar de ter ficado sem nenhum título no ano, o Internacional encerrou 2022 satisfeito com o desempenho das jogadoras do clube.

Aliás, não foi a primeira decisão que a equipe disputou e perdeu na temporada. Em setembro, as Gurias Coloradas enfrentaram as Brabas do Corinthians, depois de empatar no Beira-Rio em 1 x 1, a partida na Neo Química Arena foi a decisiva. Então, o Timão venceu por 4 x 1, com o maior público da história do feminino, e ficou com o vice do Campeonato Brasileiro. Com isso, conquistou uma vaga para a Libertadores de 2023

Cerca de dois meses depois, em novembro, a equipe chegou à final do Campeonato Gaúcho, com uma campanha sem derrotas, aliás, as Gurias Coloradas tinham conquistado os três últimos títulos do torneio, por isso, chegaram com o favoritismo na decisão contra o maior rival, o Grêmio. Depois de empatar em 1 x 1, no Beira-Rio, o Internacional precisava de uma vitória na casa do adversário, mas não aconteceu e após uma derrota por 4 x 1 ficaram com o vice-campeonato.

Mesmo com os três vices, a temporada do Internacional foi considerada boa e com margem para a evolução para 2023. Aliás, a equipe deve entrar na Libertadores para fazer uma campanha consistente e talvez brigar pelo título. Além disso, com os bons momentos, o Colorado entra como um dos candidatos para vencer em quase todos os torneios que disputará no próximo ano.

GURIAS COLORADAS EM 2022

Supercopa do Brasil

  • 1 jogo
  • 1 derrota
  • 1 gol sofrido
  • 0% de aproveitamento

Brasileirão Feminino

  • 21 jogos
  • 12 vitórias
  • 6 empates
  • 3 derrotas
  • 35 gols feitos
  • 21 gols sofridos
  • 67% de aproveitamento
  • artilheira: Millene Fernandes, com oito gols

Gauchão Feminino

  • 9 jogos
  • 5 vitórias
  • 3 empates
  • 1 derrota
  • 38 gols feitos
  • 8 gols sofridos
  • 67% de aproveitamento
  • artilheira: Priscila, com sete gols

Ladies Cup

  • 4 jogos
  • 2 vitórias
  • 1 empate
  • 1 derrota
  • 8 gols feitos
  • 4 gols sofridos
  • 58% de aproveitamento
  • artilheira: Fabi Simões, com quatro gols

Números totais

  • 35 jogos
  • 19 vitórias
  • 10 empates
  • 6 derrotas
  • 81 gols feitos
  • 34 gols sofridos
  • 64% de aproveitamento