Torcida Vermelha
Portal de Noticias do Sport Club Internacional

Dirigente do Inter não quis nem saber e chamou árbitro de mentiroso

Na partida que marcou a abertura do Campeonato Brasileiro para o Inter, o Colorado conseguiu uma virada espetacular para derrotar o Bahia por 2 a 1 no estádio Beira-Rio neste último sábado (13). No entanto, o resultado positivo foi ofuscado por controvérsias envolvendo a arbitragem e a diretoria do clube.

Segundo consta na súmula do árbitro Rodrigo Jose Pereira de Lima, um incidente acalorado ocorreu durante o intervalo, quando ele e sua equipe foram abordados de maneira agressiva por um dirigente do Internacional.

Dirigente do Inter ficou indignado com o árbitro

O documento oficial relata que Nelson Pires, Vice-presidente de Marketing do Inter, teria proferido críticas contundentes à performance dos árbitros, acusando-os de conduzirem mal a partida. A súmula detalha as palavras atribuídas a Pires: “Depois você vai assistir ao jogo e ver a merda que está fazendo, a arbitragem hoje está uma vergonha”. O árbitro afirmou que tais comentários foram extremamente ofensivos e perturbadores para a equipe de arbitragem.

Nelson Pires, por outro lado, contesta a versão dos fatos registrada pelo árbitro. Em declaração à imprensa, o dirigente reconheceu que criticou a arbitragem, mas negou ter usado as palavras que lhe foram atribuídas. “Critiquei a arbitragem, mas não usei o termo citado por ele”, afirmou Pires, defendendo sua postura durante o incidente.

Além disso, a súmula da partida menciona a expulsão de Luis Oscar Gonzalez, assistente técnico do Internacional, que recebeu um segundo cartão amarelo por persistir em reclamar das decisões da arbitragem após já ter sido advertido.

Desta forma, os membros da comissão técnica e até mesmo da diretoria do Inter deverão ter mais cuidado nas próximas partidas.