Torcida Vermelha
Portal de Noticias do Sport Club Internacional

7 curiosidades sobre Taffarel

Um dos maiores ídolos do futebol brasileiro, Cláudio Taffarel é uma referência para qualquer goleiro. Revelado pelo Internacional, o ex-arqueiro se tornou um especialista em defesas de pênalti, tanto que virou até bordão. Foi assim, inclusive, que o tetracampeonato da seleção brasileira passou pelas mãos dele.

Veja na sequência alguns fatos da carreira de um dos maiores goleiros da história do futebol.

Curiosidades da carreira de Taffarel:

  1. Sai do gol, Taffarel!: o marcante bordão “Sai que é sua, Taffarel!”, criado por Galvão Bueno, na verdade é uma crítica, digamos assim, pelo fato do ex-goleiro não ficar embaixo das traves quando ainda atuava.
  2. Ídolo sem títulos: revelado pelo Internacional, o goleiro ficou cinco anos no clube, mas não conquistou nenhuma taça; mesmo assim, se tornou ídolo devido às suas atuações.
  3. Goleiro que mais atuou pela seleção brasileira: com 108 jogos pela seleção principal, ele é o arqueiro que mais vestiu a “amarelinha” e o oitavo jogador que mais representou o país nos campos de futebol.
  4. Entre os maiores da história: nas listas da IFFHS (Federação Internacional de História e Estatística do Futebol), o ex-jogador figurou entre os 10 maiores da posição na história do futebol, até 2013.
  5. Único jogador brasileiro a não ser substituído em copas: nenhum outro jogador possui tal feito; o goleiro, tendo disputado três Copas do Mundo, foi o único brasileiro que jogou todos os jogos da seleção nos Mundiais que participou, 18, no total.
  6. Goleiro mais caro do futebol brasileiro: quando retornou ao país, ao trocar o Parma pelo Atlético-MG, em 1995, Taffarel foi a contratação de goleiro mais cara do Brasil na época, tendo custado R$ 1,3 milhões de reais.
  7. Único campeão do mundo a defender um pênalti na final: só o brasileiro levantou a taça mais importante do futebol após pegar uma cobrança de pênalti na grande decisão; nenhum outro arqueiro repetiu o feito.