Torcida Vermelha
Portal de Noticias do Sport Club Internacional

CBF autoriza 4 reforços do Internacional a estrear contra Juventude na Copa do Brasil

O Internacional encara o Juventude, nesta quarta-feira (10), no Beira-Rio, pela terceira fase da Copa do Brasil. O time comandado pelo técnico Eduardo Coudet aposta na chegada de reforços para buscar a classificação na competição nacional. O clube recebeu aval da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para utilizar nomes que não estavam anteriormente.

O Colorado enfrenta o time da serra gaúcha depois de quatro meses da eliminação na semifinal do estadual. Desde o período, o Internacional contou com a chegada de reforços para melhorar o desempenho da equipe, como Rafael Borré, Thiago Maia, Bernabei e Fernando.

Além disso, o time titular de Eduardo Coudet contava com peças que não estão mais presentes no clube. O meio-campista Maurício, por exemplo, foi vendido ao Palmeiras recentemente. O lateral Hugo Mallo, que recebeu algumas oportunidades no estadual, está em fim de contrato e já retornou para a Espanha, visando resolver problemas pessoais.

O Internacional que entrou em campo nas duas partidas da semifinal do Gauchão de 2024 contou com as seguintes peças: Anthoni/Sergio Rochet; Fabricio Bustos, Vitão, Gabriel Mercado e Renê; Charles Aránguiz; Mauricio, Bruno Henrique e Wanderson; Alan Patrick; Enner Valencia/Lucca. Reservas: Lucas Alario, Rômulo, Bruno Gomes, Wesley, Lucca, Enner Valencia e Robert Renan.

Coudet recebe ultimato da torcida do Internacional

O técnico Eduardo Coudet recebeu um ultimato da torcida do Internacional para a partida contra o Juventude. O comandante argentino foi duramente cobrado após a derrota para o Vasco da Gama. Os integrantes da torcida Guarda Popular ressaltam que, em caso de eliminação na Copa do Brasil, o treinador não será mantido no cargo.

“Dentro da nossa casa, é preciso atitude desde o primeiro segundo de jogo e isso não está acontecendo. Ao nosso treinador, apoio sempre terá, mas cobrança também! Caso não classifique na Copa do Brasil, será o último jogo no comando da nossa equipe. Não terá mais nosso apoio para permanecer na casamata”, escreveu a torcida em nota oficial.